Notícias

Laboratório humanizado reflete em mais atendimentos

Entre casos urgentes, atendimento ao SUS e convênios, a Santa Casa triplicou o número de exames realizados diariamente.

Ana Laura, Juliene, Fabiana, Nilvia, Poliene, Caroline, João Vítor, Kemely e Cristina

A equipe do laboratório da Santa Casa de Misericórdia tem merecido destaque e reconhecimento pela alta demanda de trabalho. É que o número de pacientes atendidos teve aumento considerável. Em dezembro, de 2018, foram realizados 8.999 procedimentos e no mês passado o número subiu ainda mais, totalizando 11.270 exames. Foi preciso, inclusive, ampliar o quadro de funcionários com a contratação de mais uma técnica em enfermagem.

Fabiana Lutffala

Para a biomédica e chefe do laboratório, Fabiana Lutffala, não é sobrecarga de trabalho e sim, uma conquista. “Percebemos que o atendimento da Santa Casa melhorou e, consequentemente, isso atrai mais pacientes. Conseguimos transmitir mais confiança e credibilidade, ou seja, ganhamos todos”.

Com quase 25 anos de carreira, Fabiana avalia positivamente as ações da administração da Santa Casa. “Mudou muita coisa. Nós temos uma estrutura enorme, que vem passando por melhorias constantes, mas sobretudo, procuramos humanizar o atendimento. Estou aqui há três anos e alguns meses e percebo essa diferença”.

Com 12 profissionais na equipe, entre técnicos, biomédicos e atendentes, Fabiana exalta o trabalho individual e, principalmente, o diálogo, para manter o grupo unido. “Nós temos uma equipe sensacional. Procuramos resolver os problemas que surgem com muita conversa e respeito uns pelos outros. Acho que este é este o espírito e é por isso que tem dado tão certo”.

Em uma breve passagem pela recepção do laboratório é fácil encontrar pacientes satisfeitos, como a Águeda Cristina Custódio de Souza. A solicitação dos exames veio de uma Unidade Básica de Saúde, a dona de casa, de 53 anos, conta que a agilidade na entrega dos resultados é o que mais agrada a paciente. “Achei o atendimento muito bom. De quem atende aqui fora e de quem faz os exames. Foi rápido e a entrega dos resultados também. Estou com o colesterol alto não é bom brincar né?”.

Já Fabiana comemora os investimentos no setor. Recentemente, a Santa Casa iniciou o processo de compra de três novos equipamentos de Gasometria, Hematologia e Coagulometria. “Com a chegada destes aparelhos, a tendência é poder oferecer ainda mais serviços e por eles serem mais modernos com tecnologias melhores, oferecermos maior agilidade também”.

A biomédica acrescenta ainda que dificuldades existem em todos os lugares, mas que os resultados sempre aparecerão se o trabalho for realizado com amor e dedicação. “Já pensei em me desligar da Santa Casa e cheguei a avisar a administração, mas meu coração me prendeu aqui. Pelas pessoas que precisam, pela equipe que me acolhe, pela Dra. Iracema que batalha pela Santa Casa, eu sempre fiquei e acho difícil eu desistir de estar aqui. Amo a minha profissão, sei que somos um grupo trabalhando uns pelos outros e isso faz toda diferença”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar