Notícias

Santa Casa de Igarapava atende 97% das exigências do SUS

Reunião mostrou gestão focada na transparência e organização administrativa; números apresentados confirmam a confiabilidade dos pacientes

Equipe técnica do Departamento de Saúde com os representantes da Santa Casa de Igarapava | Foto: Assessoria de Comunicação

Na manhã da última quinta-feira (31), a direção da Santa Casa se reuniu com a equipe do Departamento de Saúde da Prefeitura Municipal de Igarapava para avaliação do Plano Operativo, relacionada ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Estiveram presentes a equipe técnica formada pelo diretor do departamento, Murilo Santos, o consultor Diego Meloni, a chefe de Avaliação e Auditoria, Andréa Francisco de Paula, a coordenadora do SAEC, Janaína Monteiro Natal, a enfermeira Giselle Simões e a chefe de enfermagem do Plano Operativo, Letícia Delefate. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Getúlio Pereira também participou do encontro, que contou ainda com a participação do departamento jurídico da Santa Casa, representado pelo advogado Emerson Galvão. Os dados foram apresentados pelos assessores Lamonise Ribeiro e Gilberto Magnino e pela administradora da entidade, Valdete Galante.

Na pauta, além da avaliação da prestação do serviço, as entidades alinharam condições que visam a melhoria e a ampliação dos serviços oferecidos.

O advogado Emerson Galvão foi enfático quanto à pontualidade dos repasses de recursos vindos do munícipio, já que a Santa Casa vem trabalhando incessantemente para manter um atendimento eficaz. O aumento significativo nos atendimentos comprova que a população tem visto o hospital como referência na saúde local.

Administradora da Santa Casa, Valdete Galante, repassando informações do Plano Operativo ao Consultor do Departamento de Saúde, Diego Meloni | Assessoria de Comunicação

O consultor Diego Meloni destacou a importância do monitoramento e enfatizou que a Santa Casa é uma das poucas instituições que está aberta ao diálogo para viabilizar melhores condições dos serviços prestados à população. “Os números apresentaram 97% de realização dos procedimentos e atendimentos médicos. Isso está dentro do esperado, porque temos uma margem entre 90 e100% de cumprimento. Eles apresentaram todas as documentações, então a Santa Casa está de parabéns, pela forma que foi apresentada, a organização destes dados. Acho que é este tipo de mecanismo que o Sistema Único precisa”.A Santa Casa conseguiu atender 97% dos requisitos exigidos no convênio com o SUS, que são cobrados pelo Departamento Municipal de Saúde.

O diretor do Departamento de Saúde, Murilo Santos, elogiou a organização de trabalho proposta pela Santa Casa com o novo modelo de gestão. “A reunião de hoje foi muito importante para fazer o monitoramento que envolve o convênio da Santa Casa com o SUS, com o Departamento Municipal de Saúde. A reunião foi muito proveitosa, muito organizada. Deixo aqui o meu elogio à organização do hospital. As questões foram pontuadas de maneira muito serena. A questão documental muito bem organizada e o Departamento de Saúde continua cumprindo o seu dever legal, que é o de fazer o monitoramento destas questões”.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Getúlio Pereira, garante que o Conselho está disposto a caminhar ao lado da Santa Casa, visando o atendimento à população. “Estou saindo daqui muito satisfeito com o que foi apresentado, pela organização e pelo diálogo. Acho que essa parceria tem tudo para evoluir, o que é muito bom para a população de Igarapava”.

O advogado Emerson Galvão avaliou positivamente a prestação de contas, destacando o esforço do departamento administrativo da Santa Casa. “Os números foram bastante positivos, no sentido de 97% de cumprimento das metas sugeridas. Alguns elementos a serem aprimorados de parte a parte. Vejo positivamente o crescimento do diálogo e a questão do entendimento institucional, tanto do município, quanto da Santa Casa, no sentido de melhorar a qualidade, melhorar a comunicação. Um progresso, não só para atingir e garantir um atendimento de melhor qualidade, mas com a transparência, no manuseio do recurso, na utilização deste recurso que é público e nós temos atingido gradativamente ao que se espera. Nossa expectativa, sem dúvida, é chegar aos 100% em todos os quesitos”.

Demandas importantes, como um possível mutirão para a realização de exames cardiológicos e aumento do número de colonoscopias, serão avaliadas pela direção da Santa Casa e pelo Departamento de Saúde. A intenção é reduzir o número de pacientes nas filas de espera do município para a realização destes procedimentos. Novas reuniões foram previamente agendadas para alinhamento destas e outras questões.

Ouça as entrevistas

Murilo Santos, diretor do Departamento Municipal de Saúde

 

Diego Meloni, consultor da Prefeitura de Igarapava

 

Getúlio Pereira, presidente do Conselho Municipal de Saúde

 

Emerson Galvão, advogado da Santa Casa de Igarapava

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar